domingo, 27 de junho de 2010

Então, Honey atrás do Arco-Íris...

1ª Parada LGBT de Jacareí - SP (foto do R7)

Então, honey...não sei se todos sabem, mas eu sou de Jacareí, a terra do bolinho caipira e das cervejarias, que fica a 75km da capital, no Vale do Paraíba (SP). E, como toda cidade do interior, ainda muito conservadora em certos aspectos.

Mas não é que a coisa vem mudando? Hoje, por exemplo, aconteceu na cidade sua 1ª Parada LGBT. Sabe o que isso significa? Um marco para cidade, hoje ela também se tornou a cidade do Orgulho Gay na região.

Sabe, eu sou quase uma beesha. Tenho muitos amigos gays, que conheci nos primeiros dias da faculdade e continuam na minha vida até hoje, fora os que conheci mais recentemente e já fazem parte da minha vida e do meu coração. Por conta disso, sou super liberal em relação a isso, vejo a homossexualidade com a maior naturalidade. Não faço campanha em prol do "movimento", os gays que conheço são apenas meus amigos queridos, que amo tanto quanto minha família. Mas né? Não dá pra aceitar homofobia.

E não aceito mesmo, já dispensei (e fui dispensada) por muito cara que não entendia minha posição em relação a isso, sou "moderna demais" para alguns, mesmo para aqueles que dizem não ter preconceito, mas não chegam nem perto. Não é fácil. Mas continuarei com meus amigos de sempre, nem acho necessário misturar namoro e amizade, só exijo compreensão e respeito, é o mínimo né? Enfim, como diria a drag Morgana Loren - Ainda tô na captura!

Eu achei bacana a iniciativa da Parada, organizada pela ONG Revida e com total apoio da Prefeitura, com o tema "Cidade moderna é cidade sem preconceito!" Confesso que fiquei com receio de ser um fracasso, de chegar lá e ver meia dúzia de bichinhas bandeirando, mas não, foi um sucesso, mais de 10 mil pessoas super animadas. Isso é muito importante para a cidade e para a região, significa o começo de uma nova visão sobre a homossexualidade por aqui , onde tudo ainda é muito camuflado. Mas hoje não, hoje todo mundo pôde extravasar, beijar na boca e andar livremente sem medo de demonstrar seu amor pelas ruas, na mais pura paz, atrás do arco-íris.

Que continue assim, não se pode ter preconceito contra o amor né.

Eu e meu amigo Anderson na Parada

Um comentário:

Mônica Veras disse...

Adorei!
Preconceito já tá fora de moda há muito tempo.

Beijos, beijos.

Postar um comentário

 
eXTReMe Tracker